Datas Importantes

Saiba quais são as Datas Importantes da Freguesia do Raminho

Cronologia

1474 – Nesta data e devido à divisão da ilha Terceira nas capitanias da Praia e de Angra o Raminho é integrado no território da capitania de Angra.

1684 – Nesta data e por decisão do então bispo de Angra, D. frei João dos Prazeres, a Ermida da Madre de Deus do lugar dos Folhadais, concelho de Angra do Heroísmo passa a ter cura nomeado.

1694 – Ano que o Cura que celebrava missa nos Altares, foi autorizado a celebrar missa aos Domingos na Ermida da Madre de Deus no Raminho, para que lá fossem todos os habitantes que ficassem da Cruz dos Dois Moios até à Fajã, para que fossem doutrinados e dali receberem os Últimos Sacramentos.

1855 – 16 de Agosto – Lançamento da primeira pedra da Igreja do Raminho

1856 – Dada a necessidade de ampliação da Ermida da Madre de Deus, é emitido um pelo governador civil, Nicolau Anastácio de Bettencourt, para a formação de uma comissão fabriqueira encarregue de angariar fundos e de conduzir a obra.

1861 – É terminada a obra de substituição da Ermida da Madre de Deus do Raminho, por um novo templo de maior dimensão, constituído por três naves, espaçoso e em estilo neo–romântico. Tem duas torres de sineira e foi consagrada a São Francisco Xavier.

1861 – A freguesia do Raminho é elevada a curato independente por provisão do bispo D. frei Estêvão de Jesus Maria, confirmada por decreto real do mesmo ano.

1861 – 26 de Outubro ficou construída a primeira Igreja do Raminho, tendo como padroeiro São Francisco Xavier, e logo passou de Lugar a Curato. Neste dia também teve lugar o primeiro culto religioso no Raminho.

1864 – É feito o primeiro recenseamento populacional da freguesia do Raminho, pelos modernos critérios demográficos.

1867 – Na noite de 1 para 2 de Junho, após muitas semanas de intensa sismicidade, provocou grandes danos no Raminho, só no dia 2 de Junho contaram-se 57 sismos.

1870 – Com o desmembrar do concelho de São Sebastião, a freguesia do Raminho é integrada no concelho de Angra do Heroísmo.

1878 – Separação da paróquia do Raminho da Paróquia dos Altares, ambas do concelho de Angra do Heroísmo.

1878 – 11 de Julho, por decreto recebido pelos raminhenses com Te Deum e sermão pregado por Monsenhor José Alves da Silva, o Raminho, foi transformado em freguesia, até então, denominada Curato do Raminho.

1880 – 3 de Fevereiro – Foi mudado o Império do Teatro do Meio para a Praça, hoje denominado o Império do Divino Espírito Santo.

1890 – Devido a obras de restauro, a Igreja apresenta-se mais espaçosa e imponente. Ao espírito dinâmico do Vigário Augusto Pereira da Silveira se deve o templo ter passado de uma para três naves e de uma para duas torres sineiras.

1901 a 1904 – Existiu na freguesia do Raminho a ermida da Sr.ª Lourdes, a Oeste do Biscoito da Fajã.

1955 – O Reverendo Carlos Pacheco Lopes tomou a iniciativa da construção do Passal e da reconstrução do Cemitério, assim como o levantamento da Ermida anexa, asfaltagem e alargamento do seu caminho de acesso.

1960 – A freguesia do Raminho, concelho de Angra do Heroísmo é fortemente atingida pelo grande surto emigratório para os Estados Unidos da América do Norte ao abrigo do Kennedy-Pastore Act.

1971 – Foi fornecida a instalação eléctrica ao Raminho.

1980 – 1 de Janeiro um terramoto causou graves danos à freguesia do Raminho, obrigando à reconstrução da quase totalidade do seu parque habitacional.

1990 – Chega a distribuição domiciliária de água ao Raminho,

1993 – 10 de Junho, é inaugurada a Casa do Povo do Raminho

1993 – 13 de Novembro, é criada a Tuna do Raminho, agrupamento musical com origem em cursos extra-escolares de música promovidos pela Junta de Freguesia. Incluía tocadores de viola da terra, violão, bandolim, violino e instrumentos de percussão. O repertório era constituído por música regional açoriana e música popular.

1996 – 16 de Fevereiro, foi aprovado o Brasão, bandeira e selo branco por proposta da Junta de Freguesia em sessão ordinária da Assembleia de Freguesia.

2000 – Realizou-se grandes obras de beneficiação na Estrada Regional, tendo esta sido corrigida e totalmente repavimentada.

2001 – 25 de Abril, é Inaugurado o edifício sede da Junta de Freguesia.

2003 – 2 de Novembro inauguração do Campo de Jogos

2009 – 25 de Abril, Inauguração da Capela Mortuária.

2009 – 29 de Agosto , conclusão do Parque de Estacionamento do Centro da Freguesia.

2013 – 5 de Junho, conclusão da nova variante abaixo da estrada regional, denominada rua Nova.

2014 – 29 de Agosto. Inauguração da biblioteca “Alamo Oliveira”